PAPO ABERTO

Liderança em tempos de crise

O líder tem papel fundamental no desempenho de qualquer iniciativa em grupo, incluam-se aí as empresas. Nos momentos difíceis, sua atuação ganha mais importância, principalmente porque cabe a ele determinar eventuais mudanças de rumo. Como em 2016 a economia brasileira continuará derrapando, empreendimentos com boa liderança se colocam em melhores condições de enfrentar o cenário adverso.
O comando precisa ser eficiente e só o será se exercido de forma clara. Orientação não compreendida vira conversa de surdos. Quando o líder se faz entender, a possibilidade de erros diminui consideravelmente.
Além da clareza, é preciso ter objetivos. Não adianta ser didático sem saber aonde se quer chegar. Em época é de crise, faz-se necessário rever planos, definir novas metas e dizer aos funcionários qual o resultado pretendido. Para tanto, é interessante fazer uma análise do ano anterior, levantar erros, acertos, traçar ações corretivas e estratégias. Quando todos estão bem informados, o trabalho passa a ter um sentido mais concreto e as pessoas se envolvem mais.
O líder tem obrigação de conhecer bem seus subordinados. Estar ciente do perfil de cada um, suas qualidades e limitações torna mais fácil delegar tarefas e aproveitar melhor a capacidade dos funcionários. É o caso de colocar as peças certas nos lugares certos. 
Obviamente ninguém está imune a falhas. Pode acontecer de o líder tomar uma decisão equivocada. Mas quanto mais preparado estiver, maior a probabilidade de acertar. Por isso, o comandante tem de prezar pelo seu autodesenvolvimento. Não basta dar ordens, é preciso se capacitar para coordenar os outros com base em conhecimentos técnicos, comportamentais, empresariais e humanos. 
A relação entre empregador e empregado é um dos pontos vulneráveis dentro de qualquer empresa. Pesquisa do Sebrae-SP chamada Lado A Lado B – Mão de Obra mostra que há problemas de relacionamento das partes na opinião de 63% dos patrões e para 20% dos empregados. Conclui-se daí que aperfeiçoar esse aspecto pode proporcionar melhores resultados.
O verdadeiro líder é, portanto, alguém que entende de pessoas (e reconhece os méritos de cada um), dá exemplo, ensina, incentiva e mostra o caminho. Além disso, tem uma boa leitura do mercado, age com rapidez e passa confiança. 
A crise econômica exige atitudes diferentes e põe à prova a capacidade de liderar e propor soluções; quem não perceber isso corre sérios riscos de ter seu empreendimento comprometido.
Bruno Caetano é diretor superintendente do Sebrae-SP

por: Bruno Caetano
28/01/2016

Bruno Caetano

Bruno Caetano é diretor superintendente do Sebrae-SP

Contato para a imprensa:
Máquina Public Relations a serviço do Sebrae-SP
Miriam Bizarro – Assessor de Imprensa
Telefones (19) 3025-2981/99602-2770
 

campinas.sebraesp@grupomaquina.com


MAIS ARTIGOS DO COLUNISTA

Nossa Gente

Conheça os nossos colunistas. Toda semana são publicados novos artigos através do canal PAPO ABERTO. Você vai ler sobre dicas de saúde, tecnologia, empreendedorismo e muito mais. Tudo de forma clara e descontraida, do jeito que é a nossa gente.


João R. dos Santos

Jaguariunense empreendedor, detentor dos maiores prêmios da Área de Gestão Admnistrativa

artigos
desde: 31/08/2015


Paulo Skaff

Skaf, além dos negócios, se destacou por sua liderança e inovação como dirigente de entidades do setor, como o Sindicato das Indústrias. Atua hoje como presidente do SEBRAE-SP

artigos
desde: 27/03/2016


Patricia Coelho

A Consultora de Imagem e palestrante Master Coach, Patrícia Coelho autora do website voceeunica.com traz novos conceitos sobre consultoria de imagem, pois estilo é muito além das roupas, da forma de ser e de agir com o mundo. Cada ser é um ser. Não existe ninguém igual a você.

artigos
desde: 01/12/2015


Bruno Caetano

Bruno Caetano é diretor superintendente do Sebrae-SP

artigos
desde: 04/11/2015


®Copyright 2015

Jaguariúna Online.com

Todos os direitos reservados

Outros domínios: guiajaguariuna.com.br jaguariunavirtual.com.br blogdejaguariuna.com.br

Melhor visualizado em navegadores modernos. Resolução mínima de 1024